31 de jul de 2008

Fato de terceiro nem sempre rompe o nexo causal

Mesmo que culpa seja de terceiros, cadastro ilegal no SPC e Serasa é de responsabilidade de empresa.
Operadora de telefonia contribuiu para ocorrência do dano, pois não foi diligente ao lançar o nome do autor nos órgãos de proteção ao crédito.
Leia mais

Nenhum comentário: